Carta aberta aos que perderam um amor

Sem apelar ao sentimentalismo, mas perder um amor é quase uma tragédia! São poucos os momentos em que dores tão profundas como esta são sentidas. Não se sabe exatamente tudo o que se perdeu com o amor. Não é somente uma pessoa que se vai. Uma parte de si também. Os sonhos, os bons momentos, os detalhes, o cotidiano, os planos, todos jogados ao chão. A felicidade é pisada e maltratada. O que é comum em cada perda é aquilo que dói. A ferida que fica aberta. O vazio. Uma ausência que chora. O coração em pedaços. Toda a alegria transformada em profunda tristeza. Não existe anestesia. “Não tem remédio, nem nunca terá“. Em alguns casos, perde-se até a própria vontade de viver. É arrasador! Como morrer por dentro e continuar perambulando por aí, sem sentido, sem direção. E só irá discordar quem nunca perdeu um amor.

Passado, presente e futuro confundem-se com realidade e fantasia. Cuidar para sempre um do outro não foi possível.  Só sobrou essa sensação de derrota, de fracasso. Arrependimentos transbordam. O travesseiro é banhado em lágrimas. É aquela vontade de ter amado mais, se dedicado mais, ter sido uma pessoa melhor.

O tempo passa. Mesmo que a perda seja negada, mesmo com a raiva agora misturada com saudade.  Mesmo com as inúmeras promessas e pedidos de volta. Os pensamentos ficaram e os detalhes continuam espalhados pelo caminho. As lembranças dos dias em que se respirou amor a cada palavra dita. Em que se absorveu cada pedacinho deste ser, em sua essência, tomando-o para si, transmutando-se nele. Ele não está lá, mas sua presença é sentida a cada fechar de olhos. A cada arrancar de roupas, puxões de cabelos, respirar no pescoço. A cada poema sussurrado ao pé do ouvido. A cada confusão que transborda de dentro, onde somente se viveu o amor e não se entendeu. Na imaginação, na fantasia, no inexplicável. Um retorno utópico que nunca acontece.

Ele (a) não irá encontrar alguém como eu“. Repetimos.

É claro que não vai! Por mais duro que seja, se ele (a) quisesse alguém como você, era exatamente com você que estaria neste momento.

Neste turbilhão de insanidades, pense nas inúmeras portas e janelas abertas. Se não for você, quem vai? Em cada porta, em cada janela, existe um amor. E somente o amor nos presenteia com esta noção de infinito e eternidade tão inalcançáveis.

O ser amado se foi, mas o amor ficou. Ainda está lá. Deixe renascer. E que se possa doar, ligar, entrelaçar novamente. Que se altere quantas vezes for necessário. Que restaure o que foi quebrado, que seja um arco-íris de novos sonhos. Sonhe bastante. Doe-se. Ame-se  e ame também. Conheça mais de si na própria solidão. Queira o impossível. Respeite-se. Sinta. Perdoe. Perdoe-se. Restaure-se.

Tente novamente, não desista. Que o colorido da primavera possa brotar após a escuridão do inverno. Este é o nosso belo clichê.

Sorria. O amor está aí. Dentro, fora, em todos os lugares.

Florisbella

Anúncios

Comments

  1. Tania Guimarães says:

    Eu estou vivenciando sto, neste exato momento…

    Curtir

  2. Vivendo esse momento…com toda essa intensidade do texto….meu aliado agora é o tempo…Parabens a autora..

    Curtir

  3. Flavia Lima says:

    Somente as lágrimas ao me ver em cada palavra deste texto podem descrever o que sinto.. parabéns pela sensibilidade..

    Curtir

  4. É esse sorriso que importa.
    É esse novo sorriso que conta.

    Curtir

  5. Oi Flor! Há quanto tempo eu não vinha aqui? Bom te visitar e ler novamente um belo texto…perder uma mor dói, mas nem por isso podemos nos perder de nós mesmos…clichê mas verdadeiro tb!
    Um beijo!

    Curtir

  6. Lindo demais, Flor! Sensibilidade à flor da pele ao escrever, como sempre! Parabéns!

    Curtir

  7. A gente finge que esqueceu pra tentar ser feliz!!
    Ainda sobrou a magia de se encantar pelas coisas da vida e principalmente o amor que existe dentro de nós, por nós, para nos manter vivos e atentos na expectativa de viver outros amores.
    Boa semana!!
    Beijus,

    Curtir

  8. Oiii floooor! Nossa me lembro quando vc criou este blog, e esta bombando ate hoje! eu sumiii, por um ano, to voltando agora. quer dizer acho né?! entao, lembrei-me de passar por aqui e ver como esta o seu cantinho e seu coração, vejo que aprendeu muito com a sua historia. Isso é muito bom, ajuda outros também! Então, vim só deixar um beijo mesmo. Ate logo! =D

    Curtir

  9. Flor, tdo bom?
    Sempre vi seu blog e sinceramente torcia pra que você esquecesse esse bendido que não sei exatamenete por qual motivo vocês não deram certo…
    Creio que você tenha esquecido o homem que te fez criar este blog… mas a parte que eu sinceramente adorava era do compatilhamento de sofrimento das pessoas que se identificavam com sua história, seja lá por qual motivo, drogas, doença, distancia ou traição (q é péssimo)… eu tenho poucas histórias pra contar de amores, pois tive poucos, mas que duraram muito (infelizmente, mas por minha culpa), depois eu conto!
    Bom, sobre este post, lembrei do meu irmão, que hoje faz 11 meses do seu falecimento, acordei pela manhã sonhando com um porta-retrato que ele encomendou com a foto dele e da namorada e só chegou hoje (no sonho), esse post me fez lembrar ainda mais de sua namorada, que durante 5 anos que tbm se completam em setembro (esse mês faria 6 anos) perdeu seu grande amor tão jovem, cheio de vida devido a uma leucemia que o levou em 3 meses sem que ninguém esperasse… o pior é saber que eles eram feitos um pro outro e conseguir achar alguém, não vai ser fácil…

    Curtir

  10. Lendo esse texto me lembro que ja passei por tal situaçao, mas como foi intensamente dito, o amor estava aqui dentro e agora amo novamente.
    Parbens!

    Curtir

  11. Bruna Braga Francisco says:

    a unica coisa q posso dizer e q estou num momento ruim e ta sendo dificil encarar a realidade… mas tento me esquivar de coisas q me levam a lembrar q tudo nao voltará mas.. Bruna Braga!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  12. Matheus Lyncon says:

    Republicou isso em Uma Felicidade tão Simples.

    Curtir

  13. Cada caso um caso, nunca se esquece um grande amor, pois amor verdadeiro é somente um.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: