O Amor e as Drogas

Meu nome é Letícia. Conheci meu grande amor aos dezessete. Há exatos 10 anos atrás meu pai arrumou um emprego em outro bairro aqui em São Paulo e mudamos de bairro por isso. Minha antiga escola ficava muito distante então tive que estudar em uma escola que ficasse mais perto de casa. Mudar de escola […]

301 dias – Sobre os fins (e os meios)

Viver é uma mistura de planos e objetivos temperada com grandes pitadas de “deixa a vida me levar”. O complicado é saber a medida certa de tudo isso – se é que isso existe. Escolhemos seguir um caminho, de uma determinada forma, para chegar a algum lugar. Ok. Tudo muito simples. Só que a vida […]

Pelo Avesso

Me mudei de cidade quando fiz 19 anos, recebi uma boa proposta de emprego em uma empresa no ramo de tecnologia e não hesitei em aceitar. Me despedi de amigos, colegas e família e fui com um peso no coração por deixar tudo o que eu tinha pra trás. Tudo o que eu tinha eram […]

285 dias – Mulheres de Almodóvar

Elas têm as mãos robustas com veias à mostra, pernas rijas, músculos fartos no antebraço e uma boca que sussurra qualquer coisa de lamento e esperança. Cortam pessoas ao meio com o olhar de dois gumes. Elas dão à luz em ônibus, cozinham sozinhas para mais de 30 pessoas e enterram maridos mortos que, antes, […]

AMOR, AOS TRANCOS E BARRANCOS

Sou a Cinha, tenho 26 anos. Ele tem 36. Nos conhecemos há 6 anos, numa balada que eu frequentava e ele era o DJ. Ele era barrigudinho e meio carequinha, menos que hoje, não é aquele cara que olha e fala nossa que feio, mas também não é nenhum D. Juan.  Eu chamava a atenção no local por […]