219 dias – A favorita

 (A minha favorita, me encontro em cada linha) A Paixão segundo G.H – Clarice Lispector “Estou procurando, estou procurando.Estou tentando entender. Tentando dar a alguém o que vivi e não sei a quem, mas não quero ficar com o que vivi. Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. Não […]

217 dias – Tempo perdido

Não sei se alguém compartilha comigo a sensação de que o tempo passou rápido demais e que agora não dá mais para recuperar nada daquilo que ficou para trás. E talvez por isso, muitas vezes, eu me vejo revivendo momentos que não voltam mais. Revivo de maneiras diferentes, com outros finais, outras pessoas e assim […]

216 dias – Sapo

Sapo, “How does it feel How does it feel To be without a home Like a complete unknown Like a rolling stone?” Bob Dylan   Muito me surpreende a sua prepotência e arrogância. Logo você, que está vivendo de “tapar buracos”, “preencher vazios”. Dispenso os seus muitos compromissos, eles não me acrescentam nada. Dispenso os seus amigos (amigos? haha), suas festas e suas mulheres. Dispenso […]

215 dias – Principe

Príncipe, Foi mal aí o descaso com você. Mas sabe como é, né ? Estou cheio de compromissos desde que eu ocupei o seu lugar. Eu tenho muitos amigos, muitas festas, muitas mulheres. Sinceramente,  eu não esperava que a sua vida fosse tão boa! Você é que não sabia aproveitar. Te dei muitas chances para aprender a viver neste […]

Perder ele pra morte é bem pior!

tinha lá os meus 16 anos e ele seus 18; um baile da escola; conheci o grande amor da minha vida no dia 17 de dezembro de 1982, às 21:45 minutos e tocava i want to hold your hand dos beatles; usava uma camisa social branca, uma calça preta e sapatos sociais; cabelos penteados pra trás; […]

213 dias – Se quiser voltar, tá perdoado

“Seja do jeito que for Eu te juro meu amor Se quiser voltar Tá Perdoado!” Dia número 213. É tão absurdo, amor. Agora quando eu penso em futuro, não consigo ver nada. Só sinto, algumas vezes algo bom, outras, ruim. Sinto tantas saudades dos dias em que nada disso acontecia. O bom é que hoje […]

210 dias – Vai embora, mas não me deixa

Obrigada por ter existido e colorido dias que já foram cinzas. Não me deixa, mas vai embora, por favor! Fica aqui comigo… mas não se esqueça de ir. Encerro aqui as tentativas de explicar as infinitas coisas que vivem em mim. Sinto muito, nem eu entendo como o meu amor pode ser tão egoísta e […]

208 dias – A calma

Não sei de onde vem a calma que me invadiu e evito entender de onde, como e porquê ela apareceu. Tive tanto medo dele ir, que ele se foi. Corri desesperadamente do sofrimento e, sofri. Apesar de assumir os diversos momentos em que pensei só em mim, não nego que apesar de tudo isso, eu […]

207 dias – Participações no blog

Já ouvi e li muitas histórias sobre os dias sem ele. Algumas bonitas, outras nem tanto. Este blog colocou pessoas especiais no meu caminho, que entraram em contato comigo depois que conheceram este cantinho. O que eu posso dizer a partir desta experiência, é que foi bastante positivo. Saber como agiram, sentiram e pensaram foi, […]

206 dias – O sexo

O sexo nos escolhe, escolhemos o sexo. Prisioneiros e algozes.  Reféns do prazer concreto. O sexo caminha pelas ruas, provocante. Está em todos os lugares, exibido. Está na cabeça, invasor. Controla o corpo, poderoso. Se deixa levar, sem destino. Não precisa de cuidados, porque o sexo se basta. É independente, se auto-satisfaz. É hedonista, egoísta e sempre […]

205 dias – O amor…

O amor não escolhe e não é escolhido. Acontece, sem data marcada. O amor é fantasia, abstrata. Não existe amor com os pés no chão. O amor é sonhador. E sendo este um sonho doce, pode ir, assim como chegou, porque o amor não se guarda num cofre para ser protegido, nem em uma gaiola […]

202 dias – A dose certa

Existe dose certa pro amor dar certo ? Dose certa pra ser feliz ? Há quem diga que existe. Nas livrarias temos até setores especiais para os tais manuais que revelam este grande segredo. Nunca passou pela minha cabeça que eu deveria ser de um tal jeito, que o homem que eu fosse escolher deveria ser do […]

198 dias – Pergunta

Pergunta: Você acredita que o amor tem data de validade ?

197 dias – Não sei

Não sei o que fazer. Não sei o que pensar. Não sei o que dizer. Não sei o que escrever. Não sei pra onde seguir. Não sei o que sentir. Não sei o que buscar. Não sei. E o pior de não saber, é tomar uma decisão só para saber.

195 dias – Muito Obrigada

Hoje eu só quero e preciso agradecer. Muito Obrigada a você que vem aqui neste blog, deixa palavras de carinho e me deseja força. Cada vez que eu escrevo coisas tristes e compartilho situações das quais não tenho o mínimo orgulho, a cada comentário que recebo, antes de ler, espero sempre alguém dizendo: Sua burra, ele […]

190 dias – A realidade

Terrível! Ele viajou e brigamos feio agora. Não importa, eu tenho direito de ficar chateada com ele frequentando a casa dessa menina e até dormindo lá algumas vezes. Comecei a discussão, eu sei. Mas eu precisava saber se ele tinha intenções de dormir lá. E tudo que ele sabe dizer é que não se sabe […]