246 dias – Não vou fugir

Eu tenho mania de fugir dos meus problemas, sabe? Deixar pra lá, esquecer, apagar, mudar de cidade, ficar em casa. Eu tenho inúmeras táticas pra isso. E confesso que já pensei várias vezes em fugir daquilo que me dói hoje. Pra quem não entende, este blog é a minha maneira de enfrentar a realidade. Eu […]

[Continue reading...]

244 dias – Eu só queria

Nossa, estou realmente cansada fisicamente. Vou continuar fazendo tudo o que tenho que fazer. Nos últimos três dias eu dormi praticamente 5 horas por dia e agora já é meia-noite e amanhã acordo às 6 horas. Mesmo assim a minha carência não me abandona. Uma carência de carinho, sabe? Depois de um dia como esse, […]

[Continue reading...]

Cicatrizes da Vida

Pensar hoje nos meus dias sem ele é um exercício interessante afinal das contas, já que em um determinado momento eu decidi parar de contabilizar os dias, as lágrimas, as desilusões. Mas vamos ao começo, certo? Conhecemos-nos em março de 2003, quando eu retornava para minha cidade natal depois de um tempo morando fora. Minhas […]

[Continue reading...]

240 dias – A Banda Mais Bonita da Cidade

Tá, quem me conhece sabe que eu sou um tanto chata quando o assunto é música. Então, nada mais justo do que compartilhar coisas boas quando as encontro no meu caminho. Na verdade, esta foi a melhor surpresa que eu tive nos últimos tempos. O dia de hoje teve como fundo musical A Banda Mais […]

[Continue reading...]

239 dias – A tal da Flor

A tal da Flor é assim mesmo, sonhadora. Está longe de ser uma mulher “moderninha”, por mais que já tenha tentado um dia. A tal da Flor é essa que quando foi questionada sobre como desceria uma montanha e atravessaria um rio de correnteza forte, respondeu: Voando. Todos riram. Criaram as melhores estratégias para descerem a […]

[Continue reading...]

238 dias – Dentro de mim

Aqui estou eu. Novamente escrevendo sobre você. Não sei até que ponto o que sai da tua boca é realmente o que quer, e nem o que não sai é o que não quer. O que posso te dizer depois de todo esse tempo, é que eu descobri em mim alguém que não consegue guardar […]

[Continue reading...]

235 dias – O que você faria ?

  O que você faria por AMOR ?

[Continue reading...]

O anjo da minha vida…

Os meus olhos estavam anuviados pela torrente de lágrimas, mas eu pude ver a garrafa d’água sendo colocada na minha frente e a voz de um moço que me dizia: Toma moça, você vai se sentir melhor. Eu tomei um gole e o vi sentar-se ao meu lado na escadaria da igreja que ficava na […]

[Continue reading...]

230 dias – O Abismo

Entre nós dois existe um abismo que exige alimento todos os dias. Tolos, o alimentamos. Todos os dias eu tento, frustradamente, diminuí-lo, já que houve um tempo em que ele não existia. Esqueço que “se contemplas o abismo, a ti o abismo também contempla“. Quero a todo custo eliminá-lo, e para isso, o estudo. Analiso […]

[Continue reading...]

A minha história de amor se parece com tantas outras que…

Em meio a tantas histórias de amor, eu resolvi contar a minha, tudo bem que ela tenha acabado, mas foi uma história de amor, de onde eu aprendi a mais linda forma de amar… Sempre moramos no mesmo bairro, mas nunca se quer nos falamos, e olha que moramos no mesmo bairro, há mais de […]

[Continue reading...]

225 dias – Hello Stranger

Closer – Perto Demais  ( Este post contém spoiler – revelações sobre o o filme – ) Os personagens são: Alice (Natalie Portman), Dan (Jude Law), Anna (Julia Roberts) e Larry (Clive Owen).  Falarei um pouquinho sobre cada um: Anna (Julia Roberts)  Fotógrafa e bem sucedida. Se envolve com Dan (Jude Law). Algum tempo depois conhece Larry (Clive Owen) […]

[Continue reading...]

224 dias – Novo amor?

Sempre escuto/leio que existe um novo amor, bem melhor do que este me esperando. Me dão conselhos sobre como eu devo abrir as portas do meu coração, sobre como eu devo conhecer pessoas novas e interessantes, sobre como eu devo ser interessante e atraente aos olhos dos outros, sobre como amores vêm e vão, sobre […]

[Continue reading...]

223 dias – Alguém consegue responder?

O que é o amor ?   “Me explica, por favor!”

[Continue reading...]

222 dias – Não existe paciência (Carpinejar)

Ontem meu pai me questionou sobre a quantidade de vidros de xampu no meu banheiro. Até reclamou e falou: Porque você não acaba com um, joga fora, depois usa outro? Hoje, acompanhando o @CARPINEJAR pelo Twitter, ele posta a seguinte frase: “A mulher que não joga o xampu fora não jogará nenhum homem fora.” (Confiram AQUI) Claro […]

[Continue reading...]

Um ANJO que passou em minha vida

Esse é somente um breve resumo do capítulo mais bonito da minha vida. Uma história de amor que durou quase dois anos, e quisera eu que fosse mais longa e ainda se estendesse… Nos conhecemos em situação de trabalho, meados do ano de 2007. Eu era Psicóloga recém-contratada em uma empresa ele trabalhava nesta mesma […]

[Continue reading...]

219 dias – A favorita

 (A minha favorita, me encontro em cada linha) A Paixão segundo G.H – Clarice Lispector “Estou procurando, estou procurando.Estou tentando entender. Tentando dar a alguém o que vivi e não sei a quem, mas não quero ficar com o que vivi. Não sei o que fazer do que vivi, tenho medo dessa desorganização profunda. Não […]

[Continue reading...]

217 dias – Tempo perdido

Não sei se alguém compartilha comigo a sensação de que o tempo passou rápido demais e que agora não dá mais para recuperar nada daquilo que ficou para trás. E talvez por isso, muitas vezes, eu me vejo revivendo momentos que não voltam mais. Revivo de maneiras diferentes, com outros finais, outras pessoas e assim […]

[Continue reading...]

216 dias – Sapo

Sapo, “How does it feel How does it feel To be without a home Like a complete unknown Like a rolling stone?” Bob Dylan   Muito me surpreende a sua prepotência e arrogância. Logo você, que está vivendo de “tapar buracos”, “preencher vazios”. Dispenso os seus muitos compromissos, eles não me acrescentam nada. Dispenso os seus amigos (amigos? haha), suas festas e suas mulheres. Dispenso […]

[Continue reading...]

215 dias – Principe

Príncipe, Foi mal aí o descaso com você. Mas sabe como é, né ? Estou cheio de compromissos desde que eu ocupei o seu lugar. Eu tenho muitos amigos, muitas festas, muitas mulheres. Sinceramente,  eu não esperava que a sua vida fosse tão boa! Você é que não sabia aproveitar. Te dei muitas chances para aprender a viver neste […]

[Continue reading...]

Perder ele pra morte é bem pior!

tinha lá os meus 16 anos e ele seus 18; um baile da escola; conheci o grande amor da minha vida no dia 17 de dezembro de 1982, às 21:45 minutos e tocava i want to hold your hand dos beatles; usava uma camisa social branca, uma calça preta e sapatos sociais; cabelos penteados pra trás; […]

[Continue reading...]

213 dias – Se quiser voltar, tá perdoado

“Seja do jeito que for Eu te juro meu amor Se quiser voltar Tá Perdoado!” Dia número 213. É tão absurdo, amor. Agora quando eu penso em futuro, não consigo ver nada. Só sinto, algumas vezes algo bom, outras, ruim. Sinto tantas saudades dos dias em que nada disso acontecia. O bom é que hoje […]

[Continue reading...]

210 dias – Vai embora, mas não me deixa

Obrigada por ter existido e colorido dias que já foram cinzas. Não me deixa, mas vai embora, por favor! Fica aqui comigo… mas não se esqueça de ir. Encerro aqui as tentativas de explicar as infinitas coisas que vivem em mim. Sinto muito, nem eu entendo como o meu amor pode ser tão egoísta e […]

[Continue reading...]

208 dias – A calma

Não sei de onde vem a calma que me invadiu e evito entender de onde, como e porquê ela apareceu. Tive tanto medo dele ir, que ele se foi. Corri desesperadamente do sofrimento e, sofri. Apesar de assumir os diversos momentos em que pensei só em mim, não nego que apesar de tudo isso, eu […]

[Continue reading...]

207 dias – Participações no blog

Já ouvi e li muitas histórias sobre os dias sem ele. Algumas bonitas, outras nem tanto. Este blog colocou pessoas especiais no meu caminho, que entraram em contato comigo depois que conheceram este cantinho. O que eu posso dizer a partir desta experiência, é que foi bastante positivo. Saber como agiram, sentiram e pensaram foi, […]

[Continue reading...]

206 dias – O sexo

O sexo nos escolhe, escolhemos o sexo. Prisioneiros e algozes.  Reféns do prazer concreto. O sexo caminha pelas ruas, provocante. Está em todos os lugares, exibido. Está na cabeça, invasor. Controla o corpo, poderoso. Se deixa levar, sem destino. Não precisa de cuidados, porque o sexo se basta. É independente, se auto-satisfaz. É hedonista, egoísta e sempre […]

[Continue reading...]