247 dias – Ah, o Caio

Hoje eu preciso compartilhar um trecho do Caio Fernando Abreu que, como a grande maioria dos seus escritos, fala muito sobre mim e sobre o que eu sinto.

“Lá está ela, mais uma vez. Não sei, não vou saber, não dá pra entender como ela não se cansa disso. Sabe que tudo acontece como um jogo, se é de azar ou de sorte, não dá pra prever. Ou melhor, até se pode prever, mas ela dispensa. Acredito que essa moça, no fundo gosta dessas coisas. De se apaixonar, de se jogar num rio onde ela não sabe se consegue nadar. Ela não desiste e leva bóias. E se ela se afogar, se recupera. Estranho é que ela já apanhou demais da vida. Essa moça tem relacionamentos estranhos, acho que ela está condicionada a ser uma pessoa substituta. E quem não é? A gente sempre acha que é especial na vida de alguém, mas o que te garante que você não está somente servindo pra tapar buracos, servindo de curativo pras feridas antigas? A moça, ela muito amou, ama, amará, e muito se machuca também. Porque amar também é isso, não? Dar o seu melhor pra curar outra pessoa de todos os golpes, até que ela fique bem e te deixe pra trás, fraco e sangrando. Daí você espera por alguém que venha te curar. As vezes esse alguém aparece, outras vezes, não. E pra ela? Por quem ela espera? E assim, aos poucos, ela se esquece dos socos, pontapés, golpes baixos que a vida lhe deu, lhe dará. A moça – que não era Capitu, mas também tem olhos de ressacalevanta e segue em frente. Não por ser forte, e sim pelo contrário, por saber que é fraca o bastante para não conseguir ter ódio no seu coração, na sua alma, na sua essência. E ama, sabendo que vai chorar muitas vezes ainda. Afinal, foi chorando que ela, você e todos os outros, vieram ao mundo.”

Anúncios

Comments

  1. Mas não é assim com todos nós? ^^
    Ei, vou ficar te devendo um conto (ou crônica, sei lá), que a inspiração me pregou peças de novo e não consegui elaborar a minha idéia. =/
    Beijos e não fica pra baixo. Estamos contigo. ^^

    Curtir

  2. Esse texto é lindo Flor, parece fala muito sobre nós né?
    Fica bem Flor, se cuidaa….afinal so nos resta isso;;;;
    Beijos e tenha um otimo domingo

    Curtir

  3. patnightmare says:

    Todas nós Flor… todas nós!

    Curtir

  4. Ah, o Caio… rsrs Meu confidente… Sou essa mulher aí tbm. Choro, grito, caio, mas tô aqui, de pé. E vou em frente. Vem comigo?

    Beijos amiga!

    Curtir

  5. Oi Flor

    Há algum tempo que acompanho seu blog, me identifiquei com algumas coisas que vc escreveu, minha história é um pouco diferente da sua, começou e terminou de uma maneira nada legal , mais tudo bem, tá passando e cada dia que passa eu me sinto mais saudade, mais tb me sinto mais forte de alguma maneira. afinal quando agente ama alguém agente tá arricando sofrer né.Olha te desejo tudo de bom viu, eu te sigo no meu blog, vou te deixar o link aqui se vc quizer me conhecer bjo

    http://eu-somaisumdia.blogspot.com

    Curtir

  6. Cara…
    Simplesmente PERFEITO…
    Sem palavras…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: