A minha história de amor se parece com tantas outras que…

Em meio a tantas histórias de amor, eu resolvi contar a minha, tudo bem que ela tenha acabado, mas foi uma história de amor, de onde eu aprendi a mais linda forma de amar…

Sempre moramos no mesmo bairro, mas nunca se quer nos falamos, e olha que moramos no mesmo bairro, há mais de 22 anos…Então eu tinha tanta raiva desse menino, sem mesmo nunca ter falado com ele, mas não sabia o motivo dessa raiva, e ele me olhava de um jeito…E eu ignora, achava ele metido, playboyzinho, que só queria ficar de depois deixar de lado!!!

Então certo dia, eu estou em casa assistindo televisão, quando meu celular toca, conversa vai, conversa vem, ele diz que me admira, que sempre teve vontade de conversar comigo, mas que nunca teve coragem, até então ele não havia se identificado, mas no fundo eu desconfiava que era ele, sem nunca ter ouvido a voz dele, então conversamos muito, mais de 1 hora, e ele sem se identificar, e quando desligou ele disse: você me liga que eu te digo quem é. Então ele se identifica, e diz é ****, e eu: Quem: ****? que ***? fiquei assustada, passou mil coisas na minha cabeça, pensei que ele quisesse me fazer de palhaça… E depois dessa conversa, passou milhares de coisas na minha cabeça: o que ele quer comigo?, porque me ligou? Pra que, por que…?? E desde desse dia ficamos juntos, vivemos uma linda história, nos amamos muito, ele tatuou meu “B” no braço dele, viajamos muito, noivamos, tínhamos planos… Maaaaaas, como diz uma músicao “o pra sempre, sempre acaba”… Terminamos, vivi os piores dias da minha vida.

Eu estava sofrendo muito, parecia que meu mundo tinha se acabado, e doía tanto (mas tanto) cada notícia que eu tinha dele, cada vez que eu ouvia seu nome. Contava nossa história pra todas as pessoas e eu tentava tirar ele de dentro mim. Um dia olhei fotos deles, eu chorei porque eu sabia que ele não me pertencia. Essa cena se repetiu algumas vezes e eu sempre chorava, não conseguia controlar a dor. Tinha dias que tinha notícias dele e chorava por dentro. Até que depois de uns meses sem nos vermos ele me procurou, eu fui fria por fora mas meu coração batia tão louco, eu já nem escutava mais nada só sua voz. E mesmo ele namorando ainda ficamos, me senti usada sim, mas o queria era ficar com ele, e eu cheia de ilusões e ele nem aí pra mim, eu acreditava que ainda podíamos voltar…

Foram dias de dor, angústia, agonia e medo, quantas lágrimas eu derramei… Aos poucos a dor não incomodava tanto, mas mesmo assim de vez em quando a cicatriz sangrava, eu fiz de tudo e se tivesse feito mais, hoje estaria arrependida. Foi difícil esquecer todas as fantasias, os momentos juntos e tudo o que eu passei. Mas e eu? Como eu fiquei depois de tudo, o que eu fiz? Doeu muito, doeu ver um sonho se acabando, doeu a rejeição dele, fugi da vida, me escondendo dele, rezando pra não vê-lo. Deixei a dor tomar conta do meu coração, esqueci de mim, pensei só nele. Quase me joguei em um abismo, queria morrer, e ainda tinha a doce ilusão de que voltaríamos… Em uma semana de dor enfrentei tudo isso, doeu eu ver que eu não cuidei de mim, não me amei…
Mas, foi o suficiente pra levantar a cabeça e continuar a vida. Agarrei meus sonhos, e comecei a colocá-los em pratica, eu era capaz. Nos sentimos culpadas com o término, só vemos nossos defeitos, mas percebi que também tinha qualidades.

Me deixei levar por uma imagem falsa que eu criei dele, não fui forte pra ver os defeitos dele e ver que ele não era tão perfeito como eu imaginava. Fiquei um bom tempo alimentando essa dor da rejeição remoendo o passado, tentando fazer com que meu sofrimento fosse ainda maior e me achando indigna do amor (por isso eu sofria por amor por me achar indigna de amar e ser amada, então o sofrimento era a forma de merecer ser amada). Fui morrendo em vida, fui perdendo o brilho nos olhos e me matando dia a dia. Mas, em meio a tudo isso eu acordei, eu reagi e percebi… EU SOU DIGNA DO AMOR! Eu mereço amar e ser amada como todo mundo!!

Essa é uma história de amor verdadeira, eu descobri o amor, e hoje esse amor é o que está me ajudando a vencer todos os medos e inseguranças.

Uma linda história de amor por mim mesma, estou apaixonada por mim, descobri o amor em mim!!! EU ME AMO!!!!!!!!!

E é tão lindo quando nos amamos, quando temos amor próprio, por que aí a forma de amar o próximo se intensifica, se duplica…

E agora estou preparada para receber o meu grande amor, e creio que quando eu estiver preparada, Deus vai me enviá-lo.
Pra quem tem seu namorado/noivo/marido, aproveitem cada momento, curtam cada segundo ao lado dele, conversem, tudo se resolve com um diálogo, enfim amem, amem muito!
Pra quem já sofreu por amor e está solteira, amem a si mesmo, amem seus pais, irmãos, amigos e aguardem, por que seu amor, nosso amor está só esperando o momento certo para nos encontrar.
 
Quero que em minhas palavras vocês encontrem conforto e percebam, que por mais doloroso que seja o momento e que não vejamos saída. Toda essa dor e angústia passam. ACREDITEM!
 
Convido todas vocês que leram a minha história, pra conhecer os detalhes dela, que divido com os leitores e amigos do meu blog, estou fazendo relatos e essa semana publicareI o último post.
 
Anúncios

Comments

  1. Parabéns pela vitória amiga. Você ainda é novinha e tem muito pra viver ainda, e que seja só felicidade.
    Beijos

    Curtir

  2. Acidez Involuntária says:

    Nem tudo é tão simples assim para todas, mas que bom que no final deu tudo certo!

    Curtir

  3. Entendo tudo que foi dito. Me identifiquei muito com a parte que diz ” fiquei alimentando essa dor”, porque acredito que muitas vezes é isso mesmo, alimentamos a dor e não nos permitimos superar. Que bom que com você foi diferente. Que os melhores dias cheguem logo pra você.
    ^^

    Curtir

  4. Michelle Louise says:

    Bruninha, só tenho uma coisa pra te dizer: Você é um EXEMPLO!!! Pra todas nós.Beijo

    Curtir

  5. Lindo… EU ME AMO! É assim que deveríamos pensar todos os dias!
    Estou me preparando pra enviar minha história Flor… É tão curta e longa que está parecendo um caracol de tão enrolada na minha cabeça… Preciso respirar pra por no papel, pq tá dificil!
    Mas aqui, sempre que venho, me ajuda, me poe pra cima!
    Obrigada!
    Beijos

    Curtir

  6. Tambem passei por isso um rapaz que amamos muito nos deixa nos larga sem mais sem menos

    Curtir

  7. Bruninha,

    Muito Obrigada por participar e contar a sua história, viu ? Assim como as leitoras do teu blog, eu e muitas meninas aqui tiramos muitas coisas boas e positivas com tudo o que você compartilhou. “É uma luz no fim do túnel”. =)

    Beijos da Flor

    Curtir

  8. Ana Maria Cardoso says:

    Lindo exemplo de vida p/ todas aquelas que passam por este blog em busca de conforto pelos seus amores perdidos. Parabéns!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Curtir

  9. Claro que um dia “acontece” quando menos esperares!
    Vais ser feliz… tens esse direito por inteiro!
    Até lá vai sorrindo à vida!
    Olha que sol bonito que está hoje!!

    Curtir

  10. Minhas queridas!!!

    Tô tão emocionada com tanto carinho. Eu sei exatamente como vcs se sentem nesse momento, sei exatamente mesmo. Eu passei por isso, e quando passava, eu pensava que todo mundo que se curou, eram únicos e que a minha dor nunca passaria, eu acreditava que seria a primeira pessoa a morrer de dor de amor. Era uma dor tão forte que me sufocava, apertava meu peito, dóia até a minha alma.

    Então, não pensem que comigo foi diferente, por que não foi.

    Acreditem no que eu digo, a dor de vcs TAMBÉM VAI PASSAR!

    Eu sei que agora não conseguem acreditar nisso, entendo!! Mas passa, passa e passa.

    E como diz a nossa linda Clarice Lispector: “Sofrer dói, dói e não é pouco. mas faz um bem danado depois que passa.”

    Hoje eu entendo que Deus que me fez passar por tudo aquilo, para HOJE eu poder ajudar tantas outras pessoas.

    Convido todas vcs a lerem os meus relatos, essa semana posto o último relato, relato este que me emocionei ao fazê-lo.

    Fiquem todas com Deus.

    Florzinha, obrigada por ter me encontrado,, obrigada pelo convite!!

    Curtir

  11. A história de amor realmente se parecesse com várias. No entanto, penso que é no desamor que nos identificamos mais ainda…
    Aqui ainda dói, e apesar de não haver mais lágrimas, as cicatrizes não me permitem esquecê-lo. O que também não desejo, afinal, quero apenas lembrar sem dor.
    Foram tantas idas e vindas, e em uma delas a dor foi tão intensa que penso que agora é um pra sempre.
    Contudo, somente nesse momento é que ocorreu uma saudade tão intensa de mim, que estou assim: a me namorar.
    Obrigada por dividir seu espaço flor e a você Bruna, por dividir sua história.
    Bjs nas duas,
    K.

    Curtir

  12. Conhecer e reconhecer a si mesma, acho que é o primeiro passo não?!
    Bjs e bem legal este projeto meninas!

    obs.: Flor, não sei se poderia contribuir poisnão tenho uam história neste sentido pra contar mas agradeço o convite e me sinto contemplada ao ler vcs! bjs , bjs

    Curtir

  13. amei o recado de Keila…..

    seu post foi intenso como seu namoro, como seu sofrimento e como seu retorno a vocÊ MESMA. Nos sentimos fortes e de repente tão fracas diante de uma situação tão “insuportável”…

    mas como você disse: ” passa, passa e passa” eu ainda acrescento….passa mesmooooooooo e como é gostoso olha pra trás e ver que atravessamos o tsunami das nossas emoções!

    Curtir

  14. Bruninha, minha linda! Ah, como eu já lagrimei lendo tua história… Como eu já passei por toda essa dor também… Bom te ver aqui no canto da Flor, compartilhando tudo isso! Vc é uma vencedora, já te disse isso!

    Semana que vem acho que vai ser a minha, rs… Já estou alinhavando aqui! Bru, amo tu!

    Curtir

  15. acho qe todas nos ja pssamos por algum tipo de experiencia como esta inclusive eu.. eh mto dificil superar certas coisas esqecer certas pssoas a gente ouve as pssoas dizerem: “tudo isso pssa cm o tempo…” mais a gente n qer esperar pelo tempo a gente qer uma soluçao imediata para uma dor qe eh mais forte do qe uma martelada nos dedos..infelizmente o unico remedio eh o tempo msm… depois qe tudo passa a gente pensa: ” como fui boba!”

    Curtir

  16. larissatavares says:

    Sabemos que tudo passa,também já tive um relacionamento bem tenso e quero dizer a você que hoje tenho uma linda Historia de amor, preparada por Deus! venha ler? http://amarparasempre.wordpress.com/2014/09/11/minha-historia-de-amor/ obrigado ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: