224 dias – Novo amor?

Sempre escuto/leio que existe um novo amor, bem melhor do que este me esperando. Me dão conselhos sobre como eu devo abrir as portas do meu coração, sobre como eu devo conhecer pessoas novas e interessantes, sobre como eu devo ser interessante e atraente aos olhos dos outros, sobre como amores vêm e vão, sobre amores com data de validade, sobre a importância de “deletar” da minha cabeça essa história de que só amamos verdadeiramente uma vez na vida, sobre isso, sobre aquilo, sobre um monte de coisas.

Eu acredito na possibilidade de conseguir colocar este amor em uma “caixinha” e deixá-lo lá até o resto dos meus dias. E também acredito na possibilidade de ser feliz sozinha ou com outra pessoa. O que ninguém entende é que eu não sou mais a mesma. Não sou a mesma que eu era quando o conheci, não sou a mesma que fui durante o meu relacionamento e também não sou mais a mesma que eu era quando o meu namoro acabou. Isso não quer dizer que algo na minha essência tenha se modificado. Não é isso. Muitas coisas mudaram na forma que eu vejo as pessoas, a vida, os relacionamentos e até a mim mesma. E tudo isso, faz com que hoje eu não acredite em muitas coisas que eu já acreditei um dia.

O pouco que apresento aqui e permite que as pessoas me conheçam um pouco, não é nada perto de como e o quanto eu me conheço. Talvez por isso eu insista tanto neste amor que pouquíssimas pessoas insistiriam. Porque eu me conheço. Sei que eu não viverei algo parecido novamente. E não estou falando do outro em relação à mim. Falo de mim em relação ao outro.

Isso não quer dizer que eu tenha me fechado, que eu esteja descrente do amor, que eu nunca mais vou me relacionar com ninguém. Não é isso. O que eu sinto, e sei, é que da minha parte, não será tão verdadeiro com outro, porque sempre (sempre mesmo) eu terei um amor guardado em uma “caixinha” que eu abro de vez em quando. A minha entrega não será por inteiro, será sempre em partes, e algumas partes nunca serão entregues. O amor pode até existir, amamos tantas coisas e pessoas. Mas não será como este mesmo amor que guardo em mim hoje. Eu escuto que pode ser melhor do que este. Seria bom pensar assim se eu não soubesse que eu fui exatamente quem eu sou, sem as máscaras e armaduras que eu já usei, que eu dei o meu melhor, que eu me entreguei por inteiro, que eu fui tudo, que eu fiz tudo, que eu senti tudo, entendi tudo, amei tudo.

Posso ter entregue este amor para a pessoa errada? Talvez. Uma pena. Pra mim, pra ele (que não soube aproveitar a grandiosidade de tudo isso) e para outra pessoa que aparecer na minha vida (que não terá de mim o que talvez mereça).

Não concordo muitas vezes com os meus “tiros no escuro e no pé”, com a minha maneira de seguir e fazer as coisas, mas este é o jeito que eu sei fazer. Isso não é errado. Minha intenção é que os dias sejam melhores, que a vida seja melhor, apesar de.

Admiro os que viveram grandes e verdadeiros amores frustrados e conseguem viver grandes e verdadeiros amores hoje, sem nenhuma interferência do que ficou pra trás. Não estou diminuindo esses amores, na verdade, gostaria que eles fossem exemplos. Mas eu me conheço, sei muito bem de mim, entendo direitinho esta que está aqui escrevendo agora e sei, sei que ela não viverá nada parecido com este amor novamente.

Anúncios

Comments

  1. Q texto lindo Flor, me vi nele….
    Parabens por tudo q escreve, vc fala com a alma…

    Curtir

  2. Ngm substitui ngm.
    Bj

    Curtir

  3. Eu te entendo. Talvez até demais. ^^

    Curtir

  4. Putz… obrigada por dissecar minha alma…

    Curtir

  5. Há vezes que às vezes as velas têm de ser viradas.

    Curtir

  6. O mesmo tipo de certeza que eu sempre tive. Podia sim, me envolver (como fiz), mas ninguém teria o meu amor verdadeiro. Nem mais bonito. Flor, será que ainda posso mandar o texto? Agora meus dias voltaram a ser com ele… rs

    Beijos!

    Curtir

  7. Bom dia Flor bela :->
    Agora já sei que você posta diariamente, por isso tenho vindo xeretar por aqui rs.

    “Sei que eu não viverei algo parecido novamente.”
    Penso que todos os relacionamentos sejam diferentes, nenhum é igual, e lá numa altura você até pode descobrir que o que estará vivendo está sendo ainda melhor, mas para isso precisa o coração estar aberto, e a mente também.

    Admiro os que viveram grandes e verdadeiros amores frustrados e conseguem viver grandes e verdadeiros amores hoje, sem nenhuma interferência do que ficou pra trás.
    Todo mundo que já viveu um grande amor carrega pra sempre todas as interferências de um outro. Por isso se vê alguns tendo mais êxito e outros nao. Porque tudo depende do modo como foi encarado cada um deles. Se a gente se dispõe a acreditar que viemos para ser felizes e abrirmos o peito numa nova experiência, as coisas irão mudar (e nao é teoria, falo por experiência própria). Mas para isso o tempo é o melhor remédio, nao adianta nenhum outro, nem novo amor, nada. É o tempo da “desintoxicacao”, sabe como?

    Boa sexta flor-zinha e “pra cima com a viga” como dizem os gáuchos :-))

    Curtir

  8. Nunca faças comparações!
    Vive a vida que, quando menos contares, ele aparece e te apaixonarás de novo.

    Curtir

  9. flor….

    esse texto seu todas ou a grande maioria um dia escreveram ou falaram….e pior….bateu na mesa, chorou, sofreu e parecia que nunca ia passar, nessa situação o NUNCA é a palavra mais ouvida. O NUNCA é algo tão presente que me pergunto ( hoje) se o NUNCA não existe, porque temos tanta certeza quando sofremos de que NUNCA, NUNCA E NUNCA que ‘ele’ se torna mais do que real.

    Espero você daqui a uns anos….eu com os meus mais de 30 e você com os seus menos de 30. Daqui a uns anos os textos mudam, as lembranças são doces e agradáveis…mas são lembranças, a ausência da dor desfaz a força do NUNCA….e a flor ressurgirá e irá voltar atrás e perguntar se foi ela mesmo que escreveu aquele texto. Esse blog substitui nosso velho e bom diário. E como eu amo meu diário do nunca, do sempre e das certezas tão absolutas que se tornaram obsoletas…

    só daqui a uns anos vc poderá ver isso que muitas te falam……e isso por mais que falemos ninguém ensina, se aprende vivendo;

    Meu primeiro namorado terminou comigo por telefone…..affff..foi uma dor….um NUNCA tão grande e hoje o meu NUNCA se tornou um momento….e passou e lembro com carinho….a caixinha existe, mas não é fechada, ela simplesmente existe pq ninguém pode apagar nada do que passamos…..e o amor? ah o amor flor…..esse vc viveu e ainda viverá cada um com a sua peculiaridade!

    o tempo flor….depois desse ‘tempo’ voltamos a conversar sobre seu texto!

    Curtir

  10. Aiaiaai, menina. Há tanto de mim em você e de você em mim.
    Me diz em qual lugar eu assino porque por aqui também é assim.
    Olha, não quero outro amor no momento, pois não há espaço, o lugar está preenchido. E enquanto não existir espaço não há como ser ocupado.
    Não importa o resultado desse amor que vivi, mas sim, que vivi. Senti. Fui totalmente entregue. E quando senti saudades de mim, voltei para a menina que habita em mim.
    Que a dor e o querer passe, mas quando for o momento.
    Beijocas,
    K.

    Curtir

  11. Concordo com C. e jUCI

    Nunca diga nunca…rs.
    Ninguém é igual a ninguém, cada momento é único apenas se permita.

    Como diria Antonie Saint Exupery em O Pequeno Príncipe:
    “Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós.”

    A propósito, se ainda não leu este conto, aconselho a ler e se já leu, releia agora depois de adulta, você terá outra visão. Tenho certeza.

    Curtir

  12. Existe mesmo quem consiga esquecer totalmente um amor antigo?
    Porque comigo é o mesmo que contigo, fica sempre uma “caixinha” com todos os momentos bons, e quando aberta, me lotam de nostalgia.
    Beijos!

    Curtir

  13. Olá Flor, voltei a catucar os blogs dos meus amigos e encontrei o seu…
    Bem, já passei 6 meses sem ficar com ngm pq ainda gostava do cara q eu namorei e que pra mim era a minha grande paixão. Acordava tdo dia e me lembrava dele automaticamente, foi trsite… nesse meio tempo ele ficou sem falar cmg e eu com meu orgulho nunca liguei p ele, só no começo (um mês depois do término) q ligava e chegamos a ficar novamente, mas não rolou mais!
    Adorei seu blog e vi q mtas pessoas se identificam com isso tdo, e serve de ajuda pra vc e as pessoas desabafarem, mas blza, já tem 7 meses q vc terminou c seu namorado e ainda tá trsite, desconsolada, axando q não vai axar mas ngm, nem ker procurar!? Eu pelo menos pensava assim: Não vou ficar c ngm pq ainda gosto dele, mas pow, depois q eu fikei com um carinha, xoveu propostas… rsrsrs… depois disso até vi esse meu ex e pow, não vou mentir q deu AKELE frio na barriga, viajamos c uma turma e tdo e adivinha!? Ele ficou com minha amiga q nos apresentou! E eu: NEM LIGUEI! A vida é assim msm, fazer oq!? Uma hora vc vai acordar e nem vai mas lembrar…um dia vc vai vê-lo com outra e prontu! Creio q vc ficar contando os dias, ligando p ele, sendo amiguinha dele, vai ser bem pior…na minha opinião, vc devia passar esse blog p outra pessoa, ou uma mais trsite q vc, ou uma q vai axar q tdo vai passar, creio q os sentimentos mudam e q isso d ficar alimentando o blog seja ruim p vc… desculpa, mas é minha opinião, oq é ruim, velho, jogo fora! Ou talvez seu ex esteja querendo um tempo msm… deixa o tempo passar, q se isso for verdadeiro, vai valer a pena, isso eu creio…já passei por isso!

    Bjux

    Curtir

  14. Oi Flor!
    Menina, outro dia li um post seu do shampoo, achei graça com a comparação de Carpinejar, e o seu Egoísta eu?, Nunca me imaginei numa situação assim, mas me vi, mais ainda quando fui ler o primeiro dia, revelações de uma mulher que tem a certeza de encontrar sua ALMA metade, sua Cara gêmea…
    Menina, hoje aqui eu vi aquilo que sinto, amo e tenho a certeza que esse amor é o maior que eu possa ter, temos a distância entre nós também, ironias do destino, o cupido tá meio vesgo ultimamente, jogando flechas tão distantes umas das outras, ou será que essa coisa de internet facilita, as vezes penso que se não fosse isso aqui, nunca teria conhecido o HOMEM DA MINHA VIDA, mas o fato é que conheci, estamos vivendo esse amor, sou muito feliz com ele, conhecer ele me fascina, falar pra ele de mim é puro êxtase! como guardar numa caixinha? Não cabe, não dá, ninguém mais pode me tocar, me sinto quase como um santuário dele, sem exageros, ou melhor exagerando mesmo, intensificando-me… não consigo nem pensar em me entregar pra outro alguém, impossível, chega a me dar repúdio, aflição… Muitos também me dizem saia, encontre alguém mais perto, coisa e tal… Mas eu sei que não dá, sou dele!
    Acho que isso é assim, se quero, mesmo que doa por uma razão ou por outra, ainda sou mais feliz do que sozinha,.. depois disso preciso escreveu o meu texto sobre os meus dias sem ele!

    Linda o seu amor é seu, ninguém o sabe como você o sabe, com o seu amar já fez tantas pessoas a refletirem, veja cada texto seu quantos comentários, esse seu amor não é só um amar um homem… beijos flor, vou amar…

    Curtir

  15. Quero Ficar Com Você
    Maria Bethânia
    Composição : Caetano Veloso
    Quero ficar com você
    E é tão fundo
    Que eu posso dizer
    Que o fim do mundo
    Não vai chegar mais

    Quero ficar com você
    E é a glória do saber querer
    Com longa história
    Pra frente e pra trás

    Não quero que o nosso amor
    Seja um buraco no não
    Mas sinal na trajetória
    Da vida e da canção
    Marca de queda e vitória
    Na palma da mão
    Sombra, memória e porvir do coração

    Não deixe que o nosso amor
    Seja um corisco no caos
    Mas passos da liberdade
    Pisando seus degraus
    Feitos de momentos bons
    E de momentos maus
    De descobertas, de ventos, velas, naus

    http://letras.terra.com.br/maria-bethania/74764/

    Curtir

  16. Eu ainda não vivi um amor verdadeiro, e acho que ainda vai demorar um pouquinho, haha
    Na minha concepção, ainda estou na fase de curtir um pouco e não me apegar a ngm.
    Pelo menos por enquanto tenho outras coisas mais para me preocupar.
    Passa? http://jooymartins.blogspot.com/
    Beijos

    Curtir

  17. a estrutura das postagens ficou incrível, a disposição dos posts e a forma como colocaste a contagem dos dias. adorei tudo aqui. bom fds.

    Curtir

  18. Flor minha querida!!

    Tudo que eu vier a comentar aqui, não será algo que eu ouvi, será coisas que eu vivi.

    E quanto ao novo amor, eu já pensei que nunca fosse encontrar novamente, que ninguém seria igual ao meu ex e nem faria metade do que ele fazia por mim, puro engano. A pessoa que Deus nos reserva é especial, é abençoada. Hoje estou conhecendo outra pessoa e depois de ficar muito fechada, estou me abrindo sem medo.

    Vou te mandar a minha história peço para que post amanhã, e o rstante as pessoas lêem no meu, vou deixr o link. Obrigada pelo convite. E vamos conversar sobre aquela parceria 😉

    Bjs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: