216 dias – Sapo

Sapo,

“How does it feel
How does it feel
To be without a home
Like a complete unknown
Like a rolling stone?”
Bob Dylan

 

Muito me surpreende a sua prepotência e arrogância. Logo você, que está vivendo de “tapar buracos”, “preencher vazios”. Dispenso os seus muitos compromissos, eles não me acrescentam nada. Dispenso os seus amigos (amigos? haha), suas festas e suas mulheres. Dispenso a irrelevância de tudo isso. Quem é que sabe viver neste mundo? Eu ou você? Eu que já estou nesta estrada há muito tempo, errando e aprendendo, ou você que pegou o bonde andando? Já fracassei sim, muitas vezes. Lamentei depois, óbvio. Queria o quê?  Não continuo insistindo em ser o cara bacana. Insisto em ser eu mesmo num mundo que me diz todos os dias para ser como você, e se você acha que isso é ser um cara bacana, muito obrigado. Realmente eu já sabia que mais cedo ou mais tarde você iria querer aparecer. Só não se esqueça de uma coisa: você pode modificar o ambiente à minha volta e até influenciar o meu corpo, mas você não consegue entrar no meu coração.

Se você acha um saco dividir a vida comigo, sinto te informar, mas eu tenho vergonha de dividir a minha com você. Um cara frio, intolerante, manipulador, interesseiro, orgulhoso, sozinho, descartável e metido a sabe tudo. Um cara vazio, que se ilude muito mais do que o príncipe iludido aqui, quando tenta se convencer que é feliz assim. Encontrando a sua satisfação no dinheiro, nos copos e nos corpos, atirando para todos os lados, desesperado. Eu entendo a sua necessidade em me diminuir para se sentir alguém, afinal, não dá pra se esperar muita coisa de uma embalagem assim. Já conheci muitos tipos como você, tá cheio deles por aí. Você me olha, me julga, me condena e me diz o que eu devo fazer. Já tentou direcionar estas mesmas coisas pra você? Tem medo do que pode encontrar? Você vê o reflexo vazio da sua alma em mim. E essa sua falta de sentido deve doer bastante. Experimenta enxergar além de tudo isso, vamos ver se você terá forças para suportar o que irá encontrar.

Não se esqueça que eu também não tenho como me livrar de você. Antes eu te aguentava cheio de hipocrisias, tentando me convencer das suas futilidades, invejando a minha determinação e agora eu te aguento ferrando a minha vida achando que está sabendo viver. Você me deu várias chances e eu, te dei uma única chance. Você não me convenceu. Nem por um minuto.

O que me faz rir, é você achar que solidão não é algo que combina com você. Você é a personificação da solidão. E eu desconfio que você não tem idéia do que é a solidão. A solidão é interna, não é externa e você usa de artifícios externos achando que está resolvendo alguma coisa. Solidão não é estar sozinho. Pessoas sábias dizem que “solidão é a ausência de si mesmo”. Solidão são as mentiras que você inventa pra ter alguém do lado. Solidão é a falta de verdade naquilo que te une a alguém. Solidão é sair por aí procurando muitos compromissos, amigos e mulheres para ocuparem um espaço dentro de você que você não suporta encarar de frente. Solidão é achar que é possível viver neste mundo na base da superficialidade. Solidão é não saber nem o que você quer ou precisa.  Experimenta ficar sem os amigos, os compromissos e as mulheres e depois me conta se conseguiu suportar. Sinto muito por te jogar um balde de água fria, mas quem está vivendo de faz-de-conta é você.

Você não tem que assumir que o que eu construo tijolo por tijolo é bonito. Porque já é bonito, independente do seu reconhecimento. Sabe porquê? Porque um relacionamento precisa de sonhos, muitos sonhos. Precisamos ter algo para buscar, para conquistar. E depois inventamos novos sonhos. Um relacionamento precisa de planos, e planos levam tempo. Precisamos saber por onde e como queremos ir. Um relacionamento precisa de uma base sólida. Estruturada no que quisermos, admiração, amizade, felicidade, isso depende dos envolvidos. Um relacionamento precisa de pilares. Pilares bem firmes baseados no que acreditamos. Amor, fidelidade, confiança, respeito. Os pilares nos levam até os sonhos. E quanto maiores e mais altos são os sonhos, maiores e mais fortes devem ser os pilares. Os sonhos não são impossíveis, mas também não são fáceis de conquistar. Um relacionamento precisa de alguém que esteja disposto e também queira o mesmo que você. Dá muito trabalho, leva muito tempo. É preciso paciência e dedicação. É preciso diálogo, compreensão. Você nunca saberá o que é acordar todos os dias e admirar o que já foi feito e isso te causar aquela vontade de quero mais. Pessoas práticas como você não servem pra isso. E por isso é que tudo o que você está construindo, não tem sonho, base, pilar e alguém. Sua construção é em cima do vento. Um sopro, e tudo desmorona na sua cabeça. Isso é ser esperto?

Você destruiu o meu castelo? Esqueceu que eu o construí tijolo por tijolo? Você não tem competência pra isso. Não nego que você conseguiu abalar o pilares da fidelidade e da confiança, mas eu vou reconstruir tudo novamente.

Eu tenho encantos? Obrigado. Você tem inteligência para viver neste mundo, criatura vazia? Lembra o que te falei sobre a solidão, Sr. inteligente? Pensa nisso. Eu sou educado? Obrigado. Não sou cínico como você? Obrigado novamente, dispenso o seu cinismo. Eu sou romântico? Obrigado. Você é bom de cama? Quero ver se continua assim daqui 30 anos. Eu sou cavalheiro? Obrigado. Sinto muito, mas não invejo o seu jogo de sedução pelo simples fato de ser um jogo. Eu sou carinhoso? Obrigado. Você sabe muito bem onde tocar? Por acaso já experimentou tocar no coração? Eu faço muitos planos? Eu sei disso. E nem por isso deixo de viver o agora como você diz viver. Eu sonho muito? Eu sei disso. Mas isso não me tira da realidade. Você consegue tudo o que você quer? Claro que consegue, o que você quer é tão pouco… tão fácil, qualquer um consegue. Eu tenho uma princesa sim. Você tem plebéias? Toda plebéia, tem um pouco de princesa, você é que não parou para observar. Eu sou atencioso? Obrigado, mas acho que ainda tenho muito o que melhorar neste ponto. E se tá cheio de mulher atrás de você pela sua falta de atenção com elas, para pra pensar se é por isso mesmo. Eu insisto naquilo que eu acredito sim, porque acredito que vale a pena. Pular de galho em galho só mostra o medo que você tem de ficar em algum lugar. Você me perguntou: fidelidade pra quê? Vou te responder o porque: Fidelidade porque superficialidade não me interessa, porque prazer sexual eu consigo até sozinho. Um dia tudo isso acaba, o que vai sobrar pra você depois? Fidelidade porque você não sabe o que é ter companhia nos dias ruins, porto seguro na hora que a vida maltrata, escuta na hora do desabafo, fazer amor e dormir abraçado depois, acordar no outro dia com palavras bonitas. É ter alguém que te conhece melhor do que ninguém, que está do seu lado, te aceita e te ama. Fidelidade porque existe amor. E você nunca saberá o que é o amor!

Para de ficar querendo ser este cara! Cadê a sua essência? Quem é você? Admita, você é confuso!  Não sabe o que quer. Te falta responsabilidade, empatia e comprometimento. Te falta respeito pelas pessoas. Te falta AMOR. Você é descartável, esquecível. Sua vida é mecânica, vazia. Admita, você é triste. Admita, você gostaria de ter metade da minha perseverança para lutar por alguma coisa.

Eu desafio a vida, não percebe? Mergulho. Continuo nadando depois do barco afundar! Você não sobreviveria nem 5 minutos neste mar agitado que é a vida. Sou homem. De carne e osso. Não sou um personagem de novela muito menos um príncipe de histórias de contos-de-fadas. Sou um eterno incompleto, inacabado. E não tenho a pretensão de me completar, o bom da vida é essa procura. Eu sou real. Acho que você acreditou demais nos filmes que só reforçam esta fantasia da perfeição. Você caiu como um patinho neste mercado. E eu já caí também, tanto que fracassei várias vezes. E já que você me observa tanto, deveria ter observado que eu aprendi o que é esta perfeição dos príncipes e princesas que enfiam nas nossas cabeças. Aprendi, e hoje eu sei que não preciso ser um cara perfeito para que alguém me ame e para que eu seja perfeito pra ela. Aprendi que eu não preciso de uma mulher sem defeitos e que corresponda às minhas expectativas para que ela seja perfeita pra mim. Aprendi que este alguém não pode depositar a responsabilidade da sua felicidade em mim, e nem eu. Não preciso me esforçar para reunir em mim as características mais apreciadas pelas mulheres e não preciso listar outras características para sair procurando alguém que as reúna. Isso é impossível. Não estou aqui para procurar alguém para escolher, muito menos para mudar quem eu sou para ser escolhido. Você não sabe o que é amar alguém e se soubesse, saberia que não é o fim do muito aceitar e aprender a lidar com os defeitos de quem amamos e que esta pessoa, muitas vezes possui características tão incríveis que nem estavam na nossa “lista de condições para se amar alguém“. E pra mim, algo essencial para que tudo isso consiga caminhar, é o bom senso. A vida é feita de escolhas, não é? Não sou assim para me encaixar no molde de homem perfeito de qualquer mulher. Sou assim para me encaixar no molde daquilo que eu acredito ser o melhor pra mim. E aliás, eu, perfeito? Século 21, rapaz! Até hoje você não aprendeu que não existem pessoas perfeitas? Até hoje você não aprendeu que o amor perfeito é somente uma flor? O amor perfeito, também não existe.

Não estou falando estas coisas porque eu não gosto de você. Eu até gosto, você me ensinou como eu não devo ser se eu quiser ser feliz de verdade. Desculpe, mas não desejo ser como você. Seu sucesso e a sua satisfação são passageiros. Todas as suas relações são construídas na base do interesse. Todos os seu “vínculos” são superficiais. E os seus compromissos, vazios. Você nunca teria me vencido se eu não tivesse deixado. Então vamos parar com a brincadeira? Você já teve a sua vez. Estou voltando para tomar o MEU lugar.

Atenciosamente,

O Príncipe

  • Me inspirei para escrever este texto após ler o texto INVOLUÇÃO no blog Minha Essência da minha amiga querida Barbara Nonato. 
Anúncios

Comments

  1. Sai pra lá sapo do brejo!!!!! rsrsrsrsrsrsrs

    Curtir

  2. kkkkkkkkkk adorei a resposta do principe

    Curtir

  3. taí um lado seu que eu nao conhecia tanto: o da criatividade

    Parabéns pelo texto florzinha

    Curtir

  4. Bem interessante como vc mostrou os conflitos internos que todos nós temos. O anjinho e o diabinho hehehe

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: