202 dias – A dose certa

Existe dose certa pro amor dar certo ? Dose certa pra ser feliz ?

Há quem diga que existe. Nas livrarias temos até setores especiais para os tais manuais que revelam este grande segredo. Nunca passou pela minha cabeça que eu deveria ser de um tal jeito, que o homem que eu fosse escolher deveria ser do tipo tal , que deveríamos demonstrar nossos sentimentos de tal forma e viver de tal maneira, para conquistarmos a felicidade. 

Seria o relacionamento a união de exatidões pré-definidas ? Mulher jeito A + Homem tipo B + Demonstrando forma Y + Vivendo maneira X = Amor Feliz.

A culpa de tudo isso é de pessoas como eu. Que já sonharam com um mundo cor-de-rosa, castelos, príncipes e princesas. Que após os primeiros contatos com uma realidade nada cor-de-rosa, se desesperam. E é aí que aparecem os grandes sabichões dos relacionamentos e do comportamento humano. Possuem a grande salvação para os desesperados infelizes. Por apenas R$1,99 vc compra a solução dos seus problemas. Um manual feito es-pe-ci-al-men-te para vo-cê! Seguindo todos os passos, conquiste a felicidade ou receba seu dinheiro de volta.

As pessoas que escrevem estas coisas devem ser grandes exemplos, né ? Devem ser os seres mais felizes deste planeta! Preciso conhecê-las! (ironia mode on)

Essa minha mania de possibilidades e alternativas, misturada com uma grande resistência às regras sentimentais, é aquilo que me condena ?

Será que se eu ler os tais manuais, vou ter sucesso na vida ? Se eu ler o manual da mulher irresistível, segura e bem-sucedida, eu terei os homens aos meus pés ?

Seguir todas essas regrinhas é verdadeiro ?

Me conter e demonstrar frieza e superioridade enquanto o que eu mais quero é abraçar bem apertado e dizer que eu amo ? Acreditem, eu li isso esses dias. Algo sobre o homem gostar de ser pisado e esnobado, então faça isso e ele virá correndo.

Quanto jogo!

Eu estou cansada de saber que eu erro bastante, que eu amo uma pessoa que também erra bastante e que vivo um relacionamento que está longe de ser um exemplo de felicidade. O problema é que eu prezo muito a subjetividade das coisas e não consigo digerir esta idéia de ser uma Mulher A, enquanto ele deve ser o Homem B, e que devemos viver do jeito Y, para que as coisas dêem certo.

Não nego que temos muito o que aprender, crescer e melhorar. Nós temos sim, e muito. Somos humanos como todos os outros. Mas existe receita e manual pra isso ?

Manual por manual, eu sigo o manual da vida.

E eu ainda vou ter que apanhar muito da vida e do seu manual sem regras, para ser convencida a seguir o manual da pessoas altamente felizes.

Anúncios

Comments

  1. Cada dia mais estou chegando à conclusão que Odair José tem razão: ‘A felicidade não existe. O que existem são momentos felizes’.

    Curtir

  2. Apoio o Leonardo… e não acredito sequer por 1 seg que exista dose certa pra amar…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: