182 dias – É tão estranho

Ainda não aprendi a lidar com essa saudade. Talvez por isso os meus atos sejam tão contraditórios. Quero ficar tanto quanto sei que devo ir. Encontro em mim uma força que me levanta da mesma forma que me leva ao chão. Escolho você. Não sei até que ponto eu consigo ir. É tão estranho ainda me apaixonar mesmo quando estamos separados. Escolho nós dois. Mesmo fugindo, mesmo voltando, mesmo querendo acordar com amnésia, mesmo querendo guardar todas as lembranças pra que elas não se percam, mesmo com inúmeras possibilidades de você ser mais feliz com outras, mesmo com uma única possibilidade de fazer de você o homem mais amado, mesmo com machucados, mesmo com a primavera, mesmo com dúvidas, mesmo com sonhos, mesmo que ainda sobre tristezas e alegrias, mesmo que muitas vezes eu pense que tempestades não duram pra sempre e repita pra mim mesma: Vai passar.

Planos, expectativas, esperanças. Corro tanto… mas elas me perseguem. Eu sei, não é nada saudável pra mim. É uma forma de manter este amor vivo, uma tentativa maluca de não deixar morrer o que trouxe cores e sentido pra minha vida. Necessidade vital. Um amor com raízes. Um amor tão meu, que acorda e dorme comigo todos os dias e ainda me acompanha, onde quer que eu vá. Sei que posso  viver sem ele, mas sua ausência faz de mim ausente. Assim como a terceira perna de GH: “Sei que somente com duas pernas é que posso caminhar. Mas a ausência inútil da terceira me faz falta e me assusta, era ela que fazia de mim uma coisa encontrável por mim mesma, e sem sequer precisar me procurar.”

O que eu vou ganhar fingindo que não existe amor em mim ?

Anúncios

Comments

  1. As Flores e Eu says:

    Mesmo que só apenas exista.
    Obrigada pela visita.
    Beijos

    Curtir

  2. Flor, tenho sim .. msn : julia-juju-menezes@hot
    facebook : Julia Evelin. Bjs ♥

    Curtir

  3. Oi….ontem tive conhecimento do seu blog e confesso q passei o dia todo lendo. Me identifiquei mto com vc e sua história de amor pois a minha história foi mto parecida. O q posso te dizer é q enqto seu coração doer e as lágrimas caírem, enqto vc não tiver paz e a esperança permanecer acesa, continue lutando pois Deus traça caminhos q não conseguimos entender. Tb estive mtos dias longe do meu amor, tb fiquei confusa e tb ouvi coisas contraditórias por parte dele, até msm vivi situações como a q vc viveu, e enqto estivemos separados, eu chorei todos os dias de saudade, e mais ainda, por ter a certeza q o certo era ficarmos juntos, q ng mais iria ama-lo e cuidar tanto dele qto eu. Graças a Deus, flor, estamos casados desde agosto de 2009, e mesmo com todas as adversidades continuamos juntos, e nos amamos mto, mesmo com brigas, q são mais normais do q vc imagina. Me identifico mto com vc pois tive a mesma fase de ciúme doentio, de insegurança, de me sentir uma marionete desse sentimento, sem saber se lutava ou se desistia e eu lutei, lutei por mim e por ele, pois eu sabia q tinhamos de ficar juntos, era esse o destino. E as pessoas riram, as pessoas disseram que ele não me amava, q ele só estava me usando, as pessoas me chamaram de burra, tal qual vc. Mas eu me mantive com fé, Flor…a minha fé nunca foi abalada. Nem com ele morando 4 meses nos EUA e eu aki, doente de ciúme e medo. Msm com ele dizendo q não me amava, e dps dizendo q era menira, q estava confuso, q o pai estava em coma e ele estava perdido, q não tinha como me dar o q eu queria. Msm com o desejo dele por outras meninas, msm com o torpedo de amiga às 3 da manhã, msm com tdo eu continuei lutando. Mas eu lutei e eu esperei, Flor, o tempo de Deus. Fui solteira e fiel como vc. Fui companheira, fui amiga, fui amante, fui tudo o q vc possa imaginar, me humilhei, me submeti a coisas q mtas não se submeteriam por amor. Mas com o tempo e a convivência resgastei minha confiança e auto-estima, passei a me amar, Flor, e acho q ele passou a enxergar quem de verdade eu era, e quis estar comigo. Eu não precisei fazer nada, Flor, nada. Partiu dele a vontade de estarmos juntos e construirmos nossa família. Qdo eu me peguei, ele estava de joelhos na sala de nossa futura casa com nossa música de fundo, e me pediu em casamento, colocou a aliança q eu havia escolhido muitos meses antes numa visita ao shopping, e armou um almoço de noivado com todos os meus amigos e família, sem q eu nada soubesse. Compartilhou comigo cada minuto da preparação do nosso casamento, q teve a nossa cara. E estamos aki, juntos, trilhando novos caminhos, tendo novos desafios. E temos dias difíceis, Flor, mas no final do dia qdo deito em minha cama não teria ng mais no mundo com quem eu queria estar. Ele é minha vida, é meu amor, sem ele eu não vivo e agradeço todos os dias à Deus por não ter me deixado desistir de nós. Não desista. Se for pra ser, vai ser, pode ter certeza.E cada lágrima q vc derramou vai ter valido a pena.
    Te desejo tudo de melhor!
    Bjs

    Curtir

  4. Nossa, toda vez que passo aqui, e leio os seus textos, eu choro, me identifico muito com eles,pois sinto isso tudo que vc esta sentindo.A diferença é q no meu caso, não tem mais volta, perdi ele pra sempre:( .Te admiro muito, e continue lutando, pois no final tudo da certo;Beijos Flor. Se cuida..Dry

    Curtir

  5. Parabéns pelo blog… é lindo… te envie solicitação de amizade no facebook…

    totimo domingo…. e obrigada pela visitinha

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: