175 dias – Os dias sem ele

Os dias sem ele não são mais insuportáveis. Nem doentes.

Ainda existe a angústia e o aperto no peito, mas nada que seja desesperador. Acalmo o meu coração sonhando com reencontros que nunca acontecerão. Sorrisos e abraços que só fazem parte das minhas lembranças. Detalhes, olhares, cheiros, toques… e a voz.

Sou apaixonada por aquela voz. Posso escutar por horas e me perder no embalo de cada palavra. Voz de alegria. Voz forte, firme, digna de um grande defensor do que ama e acredita. Voz determinada. Voz que constrói castelos. Voz suave, doce, quando quer amar. Voz que encanta. Voz que canta. Voz que sussurra. Voz que arrasta quando desperta. Voz que me envolve. Voz que acelera o meu coração. Conheço cada detalhe, cada timbre. Definitivamente, o que eu mais gosto é da voz.

Depois vem o olhar. Olhar que brilha, brilha sem censura, sem pudor, sem vergonha. Brilha pra iluminar. Brilha pro que admira, brilha pra vida. Olhar sério, atento e responsável quando está concentrado. Olhar que contempla. Olhar de mistério. Olhar profundo. Olhar manso quando erra. Olhar que denuncia. Olhar cheio de lágrimas quando o coração aperta. Olhar sedutor,conquistador. Olhar que fala. Olhar que ama, que me amou. Olhar de paraíso. Olhar de arco-íris.  Eu não vou esquecer este olhar.

Também não esqueço o sorriso. Sorriso de nuvem. Sorriso largo, cheio de vontade. Sorriso do riso alto. Sorriso que nunca é triste. Sorriso engraçado. Lindo sorriso. Sorriso que não sabe o quanto contagia. Sorriso que me faz sentir. Sorriso espontâneo. Sorriso que me paralisa. Sorriso que renova. Sorriso sincero. Sorriso de criança. Sorriso que faz o meu coração sorrir.

E por último, o abraço. Abraço que não se compara. Abraço forte, que aperta. Abraço que acalma. Abraço que protege. Abraço que liberta. Abraço de ternura. Abraço cheio de desejo. Abraço de amor. Abraço que faz o tempo parar. Abraço que encosta a minha cabeça no peito e me faz escutar as batidas do coração. Eu poderia ficar dentro deste abraço pra sempre!

Nos dias sem ele, são essas as quatro coisas que eu mais sinto falta. Voz da ausência. Olhar tão distante.  Sorriso da saudade. Abraço que preciso.

Anúncios

Comments

  1. … e vai ficar cada dia mais suave, mais doce, mais sereno, ainda que mais distante. Tempo, tempo, tempo, já cantava Caetano, ele, o senhor da calma. Bjs

    Curtir

  2. Força!!!!
    Logo logo tudo mudará.

    Curtir

  3. Oi, querida!

    São essas vozes que nos alimentam e nos impulsionam a seguir em frente para decifrar o que a vida nos reserva! Vamos em frente! O agora pode nos levar a infinitas possibilidades. Vamos viver intensamente este minuto para atravessar a ponte que nos leva a outro momento.Que venha o que for melhor!
    Um ótimo final de semna!

    Curtir

  4. É assim mesmo…olhares, sorrisos, voz, abraços…aqueles detalhes incomparáveis prendendo nossa atenção nas lembranças e sensações boas que o amor nos causa…um belo texto, coração estampado de amor! Obrigada pela visita e carinho! bjsss

    Curtir

  5. Oieeee!
    lindo aqui, vim aqui te apresentar o mais novo blog sobre animais!
    Passa la e segue?
    Bjinhus

    Curtir

  6. duanemaciel says:

    oi florrrrr!!!!!!!!!!!!! td bem!?!?!? vi seu comentario …adoreiiiii saber que está com um cachorrinho..eh tao bom…alegra tanto a gente neh!!! saudadessssssss..bjocas

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: