36 dias – Palavras

Demorei muito tempo pra perceber que as palavras não valem nada. Absolutamente nada. Que “Eu te amo” ditos um milhão de vezes nunca irão conseguir fazer alguém se sentir amada.

Porque fica dizendo que me ama todos os dias, toda hora que consigo falar com você ? Eu não consigo sentir esse amor, não sinto nada dele.

Lembro quando eu ligava a câmera e olhava pra você, via sua expressão e seu olhar pra mim… tão lindo… tão sincero… como se eu fosse a única… naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo e você nunca precisou dizer que me amava pra isso.

Lembro como você prestava atenção no que eu falava, nas histórias que eu contava. Lembro do seu interesse em tudo e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro de como vc deitava do meu lado, ficava me olhando, passando a mão no meu cabelo e naquele momento eu me sentia  a mulher mais amada do mundo.

Lembro de ouvir como você faria para chegar até os nossos sonhos, como você estudaria e em que iria trabalhar pra realizar tudo mais rápido e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você treinava violão, só pra aprender a cantar pra mim e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro dos milhares de filmes que você pegava pra ver comigo e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você me levava pra comer alguma coisa que eu ou vc gostasse e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando ainda não nos conhecíamos pessoalmente e eu estava num vôo que iria fazer uma escala na sua cidade às 5 da manhã e você saiu de casa de madrugada pra ir ao aeroporto.

Lembro de como você nem dava moral para outras mulheres, mesmo admitindo a beleza delas e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você fez um desenho do meu rosto e naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você desenhou um casal de periquitos, disse que era eu e vc e naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro do teu colo nos momentos tristes da minha vida e nesses momentos eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro de você fazer questão de pegar na minha mão pra andar na rua e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro como você andava na calçada comigo e sempre me colocava do lado oposto ao da rua e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você me deu flores no meu aniversário e naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro como você sempre dizia o quanto eu era linda mesmo que eu soubesse como eu estava acima do peso e naqueles momentos eu me sentia  a mulher mais amada do mundo.

Lembro do seu carinho, do seu respeito, da sua dedicação quando fazia amor comigo e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro das suas massagens quando comecei a fazer academia e chegava em casa toda dolorida e naquele momento eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro da sua vontade de ter filhos com nomes simples e compostos. Maria alguma coisa, João alguma coisa. E das nossas discussões engraçadas por eu querer uma filha chamada Sofia. Você insistia… Maria Sofia. E eu querendo só Sofia. E nesses momentos eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro que eu fazia desenhos horrorosos no Paint. Dignos de uma menina do jardim de infância. E vc falava e falava como eles eram lindos. E guardou todos eles numa pasta escondida pra ninguém ver. E guardou todas as coisinhas que eu fazia no seu e-mail pra se caso algum acidente acontecesse com o computador, eles não se perdessem. E naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você leu em algum livro sobre as sete ou oito características das pessoas criativas e usou aquilo pra me convencer do quanto eu era criativa e inovadora. Falou de uma por uma relacionando com as minhas atitudes e o meu jeito de ser. E naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro que cada vez que você me chamava por um dos inúmeros apelidos que você me deu, eu me sentia a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando você viu um casal de passarinhos numa loja e lembrou de mim. Tirou várias fotos deles, chegou em casa e me mostrou. Naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro quando estava frio ou chovendo e você me dava o seu casaco pra que eu não me molhasse ou sentisse frio. Naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro que você teve a brilhante idéia de comprar um fogão elétrico pra nossa casa para resolver a minha neurose com o gás. Naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro como você chorou quando fiz um vídeo sobre nós e te mandei de presente, você ficou tão feliz. Naquele momento eu me senti a mulher mais amada do mundo.

Lembro que eu me sentia a mulher mais amada do mundo com todos os seus pequenos, grandes e simples gestos. Lembro que você não precisava dizer “Eu te amo” pra que eu me sentisse a mulher mais amada do mundo.

Eu queria esquecer tudo isso, pois eu acho que você já esqueceu. Lembrar de todos esses momentos, por mais lindos e felizes que tenham sido, só me faz chorar com vontade de andar pra trás só pra encontrar e juntar o que se perdeu.

Você poderia passar dias, meses ou até nunca ter dito que me amava e mesmo assim eu ainda me sentiria a mulher mais amada do mundo. Você pode dizer que me ama todos os dias e mesmo assim eu não me sinto amada. EU NÃO CONSIGO SENTIR O TEU AMOR.

E hoje, só hoje, eu descobri que as palavras não valem nada.

Anúncios

Comments

  1. É flor, palavras realmente não valem muita coisa quando não são acompanhadas de atitude e principalmente acompanhadas de atitudes OPOSTAS as palavras. Aí é que é difícil mesmo.
    Mas vejo muita força e vontade de viver em você e sabes que te admiro imensamente. Sei que irá conseguir passar por estas atribulações e guardar estas coisas lindas que se lembra desse amor como boas lembranças e abrir teu coração para guardar novas lembranças. Apesar de você sempre repetir e repetir que isso não irá acontecer e que você irá ser feliz com ele e só com ele.

    Curtir

Trackbacks

  1. […] 36 dias —> Apesar do final do post ser triste, são algumas das minhas melhores lembranças. E que bom que as registrei. […]

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: